BA 170 | O avanço da transformação digital no setor automotivo

Por Fredy Evangelista
04/01/2021 16:54:39

 
Não podemos negar que a pandemia trouxe alguns avanços em relação à utilização da tecnologia e, sem dúvidas, no setor automotivo houve grandes melhorias. O foco do segmento passou a ser no consumidor 4.0, que ansiava pela transformação digital, o que se tornou um dos fatores prioritários para garantir a sobrevivência em tempos tão incertos.
 
Prova disso foram os resultados da 21ª edição da Pesquisa Global com Executivos do Setor Automotivo 2020 (GAES 2020), realizada pela KPMG, que constatou que os executivos respondentes reconheceram a importância de entender as necessidades e preferências do seu público-alvo, os critérios que definem suas decisões de compra online e os recursos que estes consideram fundamentais.
 
Com o isolamento social, as pessoas se abriram muito mais à possibilidade de fechar negócios online, por exemplo, destacando que garantia de satisfação (41%), vantagem de preço (38%) e marca confiável (36%) estão entre os principais fatores que os levariam a efetivar uma compra.
 
Visando fidelizar e atender às necessidades desses clientes, as empresas estão se reinventando. Um exemplo disso foi a questão do test drive, um dos problemas encontrados para quem desejava adquirir um carro sem sair de sua casa. A maioria das marcas e concessionarias hoje já consegue levar o automóvel desejado até onde o consumidor está, o que muda completamente a percepção que essa pessoa tem daquela marca.
 
Outra novidade é que agora algumas revendedoras já possuem plataformas que possibilitam assinar o contrato, fechar o financiamento com o banco e resolver todos os trâmites com o despachante ou com o DETRAN de forma online, diminuindo 80% do tempo gasto em todo o processo. Afinal, mesmo com mais tempo disponível, a última coisa que queremos é ocupá-lo com burocracias, não é mesmo?
 
A pandemia, sem dúvida, está mudando de forma irrevogável o ramo automotivo, um dos mais tradicionais em nível mundial. Cabe às empresas aproveitarem esse momento para se reinventarem para oferecer uma melhor experiência para seu consumidor, e a tecnologia está aí para ajudar neste quesito. E você, vai ficar de fora dessa?
 
 
Fredy Evangelista (foto) é CEO da Vianuvem, primeira startup com software BPM que não utiliza códigos para a construção de processos


Comentários

Seja o primeiro a comentar


Canal Balcão Automotivo

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e assista aos nossos vídeos

NOTÍCIAS MAIS LIDAS