Copart alerta usuários sobre “golpes” de sites de leilões fake

Por Redação Balcão Automotivo
01/07/2020 16:08:36

Imagine encontrar um anúncio de leilão online do carro, moto ou caminhonete que você sempre sonhou por menos da metade do valor de mercado. Tal proposta costuma chamar atenção da grande maioria das pessoas desavisadas que acessam o link para fazer o cadastro. 

Daí em diante, essas pessoas começam a receber mensagens via aplicativo ou e-mail de que o pagamento deveria ser feito o mais breve possível, para não perder a oportunidade. A ansiedade gerada pelo desejo de realizar um sonho, quase impossível, acrescentada da falta de conhecimento das pessoas em como funciona o leilão online de automóveis, fazem com que muitas pessoas caiam em armadilhas como essa. 

Atenta à quantidade de golpes observados desde o início da pandemia, a Copart - principal organizadora de leilões extrajudiciais presenciais e online de veículos no Brasil - reforça as dicas para os consumidores não serem lesados. 

Adiel Avelar, presidente da Copart no Brasil, observa que a pandemia e o consequente isolamento social levaram o comércio, as lojas de veículos e as concessionárias a baixarem as portas. Esse cenário impulsionou os leilões online como os principais canais de venda. "Antes da pandemia, cerca de 70% das vendas eram feitas pela internet. Agora, esse número ultrapassa os 90%. Já a quantidade de participantes em cada leilão, que era de 7.500 pessoas, passou para mais de 10.000 pessoas", explica o executivo. 

"Acreditamos que, diante da consolidação dos leilões online como um canal de vendas eficiente e com capacidade de ampliar exponencialmente a base de consumidores interessados pelos lotes postos à venda numa plataforma virtual, os fraudadores podem ter identificado esse movimento como uma oportunidade para ludibriar a maior quantidade consumidores e aplicar golpes", conclui Avelar. 

De acordo com a companhia, os interessados devem desconfiar de valor extremamente baixo do veículo. Criminosos costumam hospedar seus sites fora do Brasil. Portanto, confira se o endereço do site tem a terminação ".com.br". Neste modelo de negócios, não há vendas sem o leilão e é importante ficar atento às fotos de divulgação. Empresas oficiais colocam suas logos e endereço do site oficial nas imagens dos carros. 

Confira algumas dicas para não cair em golpes: 

• Se o valor do veículo for muito abaixo do mercado, desconfie; 

• Observe o link do site, caso a URL termine em ".com/br" ou ".com", fuja. Os sites verdadeiros são brasileiros e terminam em ".com.br"; 

• Confira o endereço dos pátios e visite-os quando isso for permitido; 

• Nunca faça uma compra sem visitar o pátio e conhecer o veículo; 

• As empresas organizadoras de leilão não fazem venda direta. Sempre há o pregão; 

• Observe as fotos dos veículos. No site oficial da Copart, a marca da Copart consta no canto inferior direito da imagem e sobre a placa do carro; 

• A Copart não contata seus clientes pelo whatsapp ou redes sociais.

Comentários

Seja o primeiro a comentar


Canal Balconista Automotivo

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e assista aos nossos vídeos

NOTÍCIAS MAIS LIDAS